Publicado por: 5dollarshoes | 05/01/2010

everyone’s going minimal.

Tô achando que esse finalzinho de 2009, mais o comecinho de 2010, tá sendo o “ano” dos Smiths e seus filhotes.

Pouco se sabe, pouco se acha sobre o Frankie & The Heartstrings. Mas a Dazed já os encabeçou na sua seção de música, junto com os ótimos The Drums, e o site da NME tá dando música de graça (música essa que tá inclusa na maravilhosa mixtape deles com as promessas para 2010)!  Achei muito válido.

Anúncios
Publicado por: 5dollarshoes | 05/01/2010

A BIONÇA TA VINDO PRO BRASIL…

… mas quem se importa. Agora é fazer reza braba pra eles colocarem o Brasil no mapa deles. Melhor banda do ano (passado) 4ever.

Publicado por: 5dollarshoes | 03/01/2010

Até o Bela Lugosi dançaria.

Ano retrasado, fui apresentado à umas daquelas bandas que você nem encontra mais no MySpace, mas no Last.fm, com a esperança de que a playlist das pessoas seja tão variada e obscura, que um dia o site consiga relacionar o seu gosto com o profile da banda. Essa banda se chama Faded Paper Figures, e eles não merecem nem um pouco carregar na vida real o fardo de serem “faded”, porque é uma daquelas descobertas que fazem você acreditar no cenário do pop atual que se sustenta sem explorar sexo, fama, poker face, etc…

Our bodies are just drive, filled up with life and death...

Passei meses com apenas 3 músicas que estavam disponíveis para download no Last.fm, decorando a letra de todas e já tornando a batida de cada uma familiar com o que estava acontecendo na minha vida(porque sim, eles conseguem criar um ritmo e um tune singular e marcante pra cada música), sempre procurando mais informações da banda que pudessem me ajudar a dizer É A MINHA BANDA FAVORITAS DOS PRÓXIMOS MESES, mas no final do dia não parecia muito produtivo e eu sempre falava “porque eles não são mais famosos?”

Porque quando a fama vem do talento de 3 pessoas que se juntam nos horários livres de seus dayjobs para criar um pop descompromissado, com letras geniais, e dançante sem precisar ir até o chão na boca da garrafa, eu acho que eles merecem sim serem famosos.

Finalmente eles lançaram um CD com, SIM, COM TODAS AS MÚSICAS MARAVILHOSAS, em Julho do ano passado, e ouvi até a exaustão. E vieram também com site, finalmente apareceram fotos e campanhas, e por fim um clipe.

O tempo passou, suas músicas se tornaram comuns no meu WMP, e eis que agora eles ressurgem, talvez a caminho da devida fama que eles merecem. Prestes a lançarem seu segundo CD, suas músicas tem sido usadas em comerciais (um dos integrantes trabalha em um estúdio de música especializado em anúncios de TV), e TAN-DAAAAM, no seriado Grey’s Anatomy, seriado responsavel tanto quanto O.C. por levantarem várias bandas do anonimato.

Talvez já conheçam, talvez não façam diferença pra você, ou até não signifique tanto pra muitas pessoas como pra mim, mas acho sempre válido ouvir o som deles. Pra se apaixonar por “North by North”, “Logos”, “B Film”, “Polaroid Solution” e bater cabelo com “Geneva’s Gone”, só clicar aqui e fazer o download do CD.

Publicado por: 5dollarshoes | 31/12/2009

[untitled]

“E que quanto mais se cria, menos se tem o que falar” by Andrei Tarkovsky.

Quero muito ver! E amanhã tem Onde Vivem os Monstros, quando finalmente acaba essa palhaçada de festas de fim de ano, porque quando mais se bebe, menos se tem o que comemorar.

Publicado por: 5dollarshoes | 31/12/2009

A HAPPY NEW YEAR AND…

NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOT!

Publicado por: 5dollarshoes | 29/12/2009

girls pop-up

 

I long to feel again, I see our time expand in the air almost forcibly.

Spreading thinner till it dissolves completely.

Publicado por: 5dollarshoes | 24/12/2009

BRIDGEStoX

A ponte Brooklyn-Brasil ainda está sendo atravessada, e outra já está sendo erguida, vindo lá da Europa.

Bandas de Glasgow estão começando a invadir a cena da música alternativa (necessário ainda usar esse termo pra qualquer banda conhecida apenas no mundo cibernético?), mostrandos pros vizinhos que eles tem sim, o que mostrar. Não possuem o experimentalismo e o noisy nova-iorquinos como fundamento pras suas músicas, mas o singular accent, e o ritmo de baladinha shoegaze são ótimos pra qualquer momento, ou quem sabe, logo logo surgir um remix bem legal.

E pra quem conhece o mito Arts’nCrafts (selo que lançou coisinhas como Stars, Feist, Broken Social Scene, Apostle of Hustle, The Most Serene Republic, Los Campesinos!, Phoenix e The Arcade Fire), vai notar uma similaridade em como a FatCat Records, fada madrinha dessas bandas escocesas, está apostando em bandas com sonoridades parecidas, mas onde cada uma tem qualidade suficiente pra alcançar vôos mais altos com o tempo. Se não tem muito saco pra o barulho do Animal Collective, a parafernália do Telepathe, dá uma sacada no shoegaze descompromissado do The Twilight Sad.

Publicado por: Neto | 18/12/2009

for my girls

Olha, não sou muito fã do experimentalismo exagero do Animal Collective. Pra mim, a banda é um pouco superestimada – apesar de estar no topo de muitas listas anuais por aí. Mas, no meio de tanto barulhinho desnecessário tinha que surgir algo bom. E esse algo é a linda música “My girls“. Só que o intuito deste post é mostrar que todo aquele som sofisticado pode ser reduzido a simples acordes de violão e uma voz feminina pra lá de sutil e marcante. Duvida?

Publicado por: Neto | 04/12/2009

Like a riot, like a riot, oh!

É por essas e outras que eu considero o Phoenix uma das melhores bandas atuais:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Pra quem se interessou e quiser ver mais dessa interessante session que o francês La Blogotheque fez com sua banda conterrânea, é só ir ali no post do Alex, no MTJ.

Publicado por: Neto | 04/12/2009

forgotten tunes. shade.

claims, they crawled from those clouds and
over mountains cried
into the streams where they ran the length of
past and time that called out
with their hands beside you

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias