Publicado por: Tomás Lima | 17/10/2009

Blog apenas para humanos

Acabei de ver Distrito 9, então ainda estou com o filme bem fresco na cabeça para escrever isso aqui. Fui ver o filme com uma senhora expectativa, afinal, depois de tantos pontos de ônibus só para humanos, fiquei ansioso para ver aquela história.

Para aqueles que estavam em outro planeta (tundun pshhh) e não ouviram falar sobre o filme, ele conta a história de uma nave alienígena capenga que veio parar na Terra. Mais especificamente em Joanesburgo, na África do Sul. Lá os “camarões” são relegados à uma favelona, o famigerado Distrito 9.

Esta excelente película é, em grande parte, feita na forma de um documentário fictício – um mockumentary que conta como é forte o preconceito e a crueldade com os tais camarões. Os abusos são mostrados de forma bem explícita e é muito fácil ficar com raiva dos humanos. Humanos esses mais cruéis que os judeus do Tarantino.

Olha! Que humano feio!

"Olha! Que humano feio!"

O filme se desenvolve mais como uma grande crítica social no começo e no final temos ótimas cenas de ação hollywoodianas. Distrito 9 foi criticado por essa abordagem, muitos acharam as cenas de tiroteio desnecessárias, enquanto outros, dormiram na parte de documentário. Pessoalmente eu achei ambas as partes sensacionais. Quando o início começa a cansar, começamos a ver armas alienígenas explodindo coisas. Não tenho do que reclamar.

Não vou contar como a história se desenvolve, porque desde o começo já é muito spoiler, mas os personagens são ótimos, tanto os humanos quanto os não-humanos. Apesar dos estereótipos clichês, como o herói contra a vontade, o menino gênio, o alien gente fina e o antagonista sádico, todos são bem trabalhados e nos fazem torcer, ou não, para eles.

Distrito 9 é uma ótima pedida para quem está cansado de ficções científicas tradicionais, gosta de críticas sociais ou simplesmente acha uma boa ver pessoas explodindo.

Nota 9

Obs: Que legenda porca, traduzir a tropa de choque como BOPE doeu.


Responses

  1. Esteriotipos cliches: Aliens gente finas!

    HAHAHAHAHAHAHAHAHA!

  2. A tradução para BOPE foi proposital. Os distribuidores brasileiros acharam(e muito bem), que as atitudes do BOPE com as questões sociais são enojáveis – como de fato são.

  3. Bem… independente do motivo, eu achei que não combinou nem um pouco com o filme. Legenda de filme não é lugar para se fazer críticas.

  4. Ninguém tem o direito de modificar a legenda só para fingir que tem bolas falsas e poder criticar o BOPE.

    Bando de cornos excomungados, espero que morram.

  5. 3jg0LF


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: